SEO para WordPress: Como Aumentar Tráfego Orgânico

Há muitas maneiras que você pode aumentar o tráfego para seu blog com Otimização de Site ( SEO ), mas se você usa WordPress para criar seu blogs, principalmente a aplicação hospedada que você instalar, aquela disponível no WordPress.org, então existem alguns truques simples. Eu escrevi um Ebook SEO para WordPress gratuito que você pode usar em seu blog para receber mais tráfego de pesquisa orgânica.

seo-para-wordpress

1. Alterar a Estrutura Permalink/Links Permanentes (URL Amigável)

Caso suas URLs sejam dessa forma http://www.seublog.com.br/?p=123 a primeira coisa que você deve fazer é colocar sua URL amigável para o usuário quanto para os buscadores, fazer essa mudança é super simples, basta você entrar em seu painel de administração do WordPress em > Configurações > selecione > Permalinks/LinksPermanentes e em seguida,  marque a opção > Estrutura Personalizada e no caso de blog eu costumo usar a seguinte estrutura “/%category%/%postname%/”  por que assim? Na URL de artigos vai aparecer o nome da categoria junto com o nome do artigo, assim podemos dar força à categoria para conseguir trafego pelas as categorias. Exemplo de como ficaria esse formato, http://www.seublog.com.br/seo/seo-para-wordpress essa URL é muita mais simples para compreender que a padrão.

Veja o exemplo na imagem abaixo:

links-permanentes

/%category%/%postname%/

OBS. Se você já tiver um blog ativo com visitas, assim que fizer essa mudança não esqueça de fazer um redirecionamento 301 da URL antiga para a nova, caso o contrário você vai perder todas as visitas que já conquistou.

Como fazer Redirecionamento 301 no WordPress, veja como é simples, basta aplicar o código abaixo no arquivo .htaccess

redirect 301 /?p=123 http://www.seublog.com.br/seo/seo-para-wordpress/

 ⇒ Aprenda A fazer SEO PARA WORDPRESS e Tenha Mais acesso em seu site ou blog! ⇐

2. Escreva uma Descrição Customizada

Não deixe os buscadores criar sua descrição, ele puxa uma parte de seu artigo e usa como descrição para mostrar nos resultados de pesquisas. Faça você mesmo a otimização de sua descrição, utilize a descrição junta com o título para atrair o usuário para clicar em seu site e não no concorrente. Você precisa usar CTA (Calls to Action) significa “chamada à uma ação” é descrever para o usuário o que ele realmente vai encontrar em seu site, seja atrativo e verdadeiro na descrição.

Vejo muitas descrições que são super otimizada para atrair o clique, mas na hora que o usuário entra no site ele não encontra nada do que estava escrito na descrição, isso frustra qualquer um. Não sei se já passou por isso, mas eu já. Esse é um dos motivos da taxa de rejeição ser tal alta em alguns blog.

Então tome cuidado, seja verdadeira para seu usuário, seja descritivo, utilize o título com a descrição para criar um chamariz, seja criativo!

3. Utilize as Tags  title e alt das Imagens

Vejo muitas pessoas que esquece ou não sabem o poder das imagens para a busca orgânica, uma imagem bem trabalhada para usabilidade é facilmente reconhecida pelos os robôs de busca.

No WordPress é extremamente fácil personalizar essas tags title e alt. Quando você sobe a imagem para plataforma do WordPress, você tem a chance de personalizar ambas as tags. Outra forma é quando você coloca a imagem da biblioteca de mídia em seu artigo, agora WordPress tem uma funcionalidade que facilita essa edição.

Mais uma coisa muito importante a ser trabalhada é o nome do arquivo, exemplo (DS9045.jpg ou imagem.jpg) recomendo que sempre otimize o nome do arquivo, a forma correta para nomear uma arquivo é descrevendo o que está na imagem, (Isso ajuda na usabilidade para que os leitores de tela possa descrever realmente o que há na imagem) eu crio uma imagem onde nela está escrito SEO PARA WORDPRESS, então o nome do arquivo seria, (seo-para-wordpress.jpg) você pode notar que estou trabalhando a palavra chave no nome do arquivo e nas tags title e alt.

4. Acelerar o tempo de carregamento da página do seu Blog

Eu acho que todos já sabem que um dos fatores de Rankeamento do Google é o tempo de carregamento do site e para isso vou deixar algumas dicas para você melhorar isso.

A quantidade de tempo que leva para as páginas e posts de seu blog carregar no navegador do visitante afeta os resultados de pesquisa e rankings. Portanto, O que faz um site carregar rapidamente? São, HTML, CSS, JS, Servidor de Hospedagem o template que você usa.

Vou mostrar como melhorar isso sem gastar nada agora, instale um plugin de cache eu recomendo o WP Total Cahe ele armazena uma copia do cache de seu site no navegador do usuário. Assim quando o usuário volta em seu site não precisa carregar tudo novamente com isso a experiência de navegação fica melhor.

Outra forma é usar o cloudflare, ele armazena os caches e ainda tem CDN no Brasil. E o poder dele vai alem, assim que ele grava o cache no navegador do usuário ele pode manter seu site no AR, mesmo que seu servidor esteja fora do AR.

5. Link para Posts Relacionados

A lista útil de posts relacionados publicados no final de cada um dos seus posts não é apenas uma ótima maneira de manter as pessoas em seu blog, mais levando-os diretamente para o conteúdo relevante, mas também pode aumentar o tráfego de busca para o seu blog. Isso porque uma lista de posts relacionados ajuda na linkagem interna do conteúdo do post, e isso ajuda os motores de busca facilmente encontrar o seu conteúdo mais antigo. Use um plugin WordPress como WordPress Related Posts para adicionar automaticamente uma lista de posts relacionados no final de seus posts.

6. Use um Plugin de SEO

Existe muitos plugins disponíveis para SEO no wordPress que ajudam na automatização do processo de SEO.

Mas o plugin que sempre recomendo é o SEO WordPress by Yoast, embora eu já ter tido um problema com ele, recomendo ler cuidado com o plugin SEO WordPress, sempre recomendo ele por ser o melhor e mais completo plugin de SEO.

Ele é muito fácil de configurar e muito eficaz.

Se Gostou desse Artigo, Por favor, Compartilhe e Recomendo para Seus Amigos, Assim Você me Ajuda!

Receba grátis o Ebook SEO para WordPress

Fábio Pessoa

Fanático por SEO e Links Patrocinados estou sempre aprendendo e transmitindo um pouco do meu conhecimento para comunidade de SEARCH, em busca de novos desafios.

Website: http://fabiopessoa.com.br

59 Comentários

  1. Oi Fábio,
    Dicas interessantes. No entanto, com relação ao Cloud Flare, seria interessante mais informações (talvez um passo a passo) sobre como configurar o serviço. Quem está começando, como eu, não tem ideia de como fazer isso. Até tentei, mas, na terceira página, travei. Bom, fica a ideia para um post …
    Abç

    • Olá Ivone,

      Obrigado pela dica de novo artigo, vou pensar em passo a passo em vídeo!

    • Kaduds

      Olá Ivone, CLARO que ele não passa todas as informações de SEO, isso é um segredo muito bem guardado.
      Tenho até medo de pagar 300 reais no curso dele e não receber informação alguma 🙁

      • Boa tarde Kaduds,

        Eu ensino SEO e o que precisa fazer em seu site totalmente focado em wordpress o que tem no curso é o que precisa saber para ter sucesso em SEO nada a menos.

        Agora se quiser receita mágica você não vai encontrar lá, pois ensino a colocar a mão na massa pois SEO é isso muito trabalho para poder alcançar resultado.

        Quem pesa que SEO é fácil está muito enganado.

        PS Outra dica não compre meu curso, aplique tudo que ensino aqui grátis e também o que tem no ebook aí depois você faz esse mesmo comentário ok!

        Abraço e sucesso pra você!

        • Fábio, bom dia! Não pude deixar de olhar esse comentário do kaduds, que apesar de já ter quase um ano, continua atual.
          Também trabalho com Marketing Digital e SEO, não é fácil realmente. Muitos pensam que existem técnicas mirabolantes, mas na verdade o que existem são estratégias, pensando no site/blog como um todo.
          Excelente trabalho!

          Um abraço e bom dia!

  2. Bom dia,
    eu gostaria de trabalhar mais com o plugin SEO WordPress by Yoast.

    Ainda utilizo muito All One Seo Pack.

    • Garanto que você vai gostar, no mês passo essa plugin All One SEO Pack, teve uma falha de segurança e muitos sites foram invadidos, mas, essa falhar já foi resolvida na atualização.

      Abraço!

      • Entendi. Mais uma vez parabéns pelo site estou aqui sempre acompanhando as novidades.

  3. Muito legal as dicas meu caro, principalmente para quem já está iniciando. Parabéns e obrigado por tudo. você sabe doo que falo. Abraços

  4. Obrigado pelas dicas. Já uso muito do que foi falo, mas ainda peco em algumas coisas. Vou tentar melhorar…

  5. Olá Fábio, mais um excelente artigo muito útil e com boas dicas!

    Como diz a Ivone, se você conseguir fazer um passo à passo de como utilizar o Cloud Flare, seria de grande valor. O WP Total Cahe também é um plugin que deixa algumas dúvidas a nível de instalação e utilização…. Acho que seria um bom tema para um artigo futuro.

    Grande Abraço
    Emanuel Rodrigues

  6. O Wp Total Cache está criando conflitos com outros plugins!

    Vou experimentar esse que vc está indicando… vamos ver se a velocidade de carregamento do site se mantêm e não baixa!

      • #Feedback

        “Quick Cache is NOT active; Quick Cache requires PHP v5.3 (or higher). You’re currently running PHP v5.2.17. A simple update is necessary. Please ask your web hosting company to do this for you. To remove this message, please deactivate Quick Cache.”

          • Ok, já fiz o update do PHP V5.2.17 para o V5.3. O plugin já funciona, mas os resultados não foram o esperado. Passei de um Page Speed Grade de 92% para 69% e de um YSlow Grade de 88% para71%.

            O quick Cache sugeriu que eu fizesse uma compressão do GZIP, fiz essa compressão através do .htaccess. Os resultados melhoraram um pouco mas ainda longe dos que eu tinha anteriormente.

            Agora tenho Page Speed Grade à 87% e o YSlow Grade à 77.

            Pontos que posso melhorar mas não sei bem com! Existe a possibilidade de vc dar uma ajuda com:

            *Leverage browser caching (19 de 100) para o Page Speed
            *Add Expires headers (0 de 100) para o YSlow Grade
            *Make fewer HTTP requests (8 de 100) para o YSlow
            *Minify JavaScript and CSS (50 de 100) para oYSlow

            Se melhorar estes pontos estou certo que fico com a pontuação que tinha anteriormente com o WP T C.

            Acho que este esforço vale a pena pois o WP TC é responsável por vários conflitos!

            Abraço!

  7. Legal…Obrigada. Fico no aguardo do vídeo.
    Abç

    Ivone

  8. Eduardo

    Faço tudo que recomenda com algumas exceções de plugins. Tenho usado desde que comecei com blog wp o WPSuperCache indicado pelo Gustavo Freitas,. Mas sou obrigado a quase todos os dias ir no “contents” dele e clicar em “Delete Cache”, principalmente p/ corrigir alguma alteração de imediato que faço no blog e poder visualizar essas alterações! Um saco mas acho que se trata de configuração!?!?
    Vc fala nos posts relacionados, e os links de saída como procedermos?
    Todos querem anunciar p/ ganhar um troco pelo menos que seja por clique (adsense). Tenho usado a target “no-follow” como indicam alguns entendidos por aí, usando com cautela isso não prejudica o blog?

    • Olá Eduardo,

      Isso é um saco mesmo, bem na versão free precisa fazer isso sempre, você não quer fazer mais fazer isso use o Quick Cache, ele faz tudo isso automático!

      Sobre os links de saída eu não falo, mas recomendo que sempre use a tag “no-follow” principalmente para links de anuncio, pode usar sempre isso não prejudica seu blog pelo contrário garante segurança ao seu blog!

      Abraço!

      • Eduardo

        Fábio, instalei o Quick Cache, parece que tá tudo bem!
        A unica coisa que fiz foi ir no settings dele e dar enable. Tem alguma configuração p/ melhorar??
        Vou ficar de olho no plugin p/ ver se não dá nenhuma zebra!

        E aquele CloudFlare o gratuito não é legal?

        • Olá Eduardo,

          O Legal desse plugin é isso, basta, ligar e pronto!

          O cloud Flare é grátis sim, ele ajuda muito, mas um dica se for fazer um hangout ao vivo é bom desligar ele pois, quando tem muito acesso ao mesmo tempo ele diz que o site está off mas, não, no caso um hangout ou transmissão ao vivo etc.

  9. Gabriel

    Boa dica Fábio.
    Também utilizo e recomendo o plugin WordPress SEO no curso WordPress Dominado.
    O mais completo e fácil de usar na minha opinião..
    Parabéns pelo artigo..

    Abraço.

  10. FabioPessoa.com.br, houve uma atualização no WordPress SEO e depois dessa atualização ele parou de rastrear as palavras no conteúdo, aparece sempre a mensagem:

    A densidade de palavras chave é de 0%, o que é um pouco baixo, a palavra chave foi encontrada vezes.

    Já aconteceu com você? Sabe o que pode ser?

    • Olá Thiago,

      Isso não aconteceu comigo! Deve ser algum com frito com algum plugin. Você testou salvar o artigo para ver se esse status muda?

  11. Muito legal seu artigo Fábio, bem esclarecedor e me ajudou bastante já que alguns detalhes eu estava deixando de lado. É sempre bom a palavra de um especialista. Obrigado pelas dicas. Abraço!!!

  12. Luiz

    Oi Fábio,
    Eu uso apenas o LinksPermanentes ( Nome do post ) sera que estou perdendo em não usar o com a categoria?
    para mudar isso meus links anteriores vão ficar em error 404?

    Forte abraço.

    • Olá Luiz,

      Não precisa mudar, eu uso assim porque eu dou força as minhas categorias e posso ranquear com elas também.

      Se você já tem um site com artigos não mude pois vai precisa de conhecimento de SEO para fazer um redirecionamento 391 da URL antigo para a nova, para não perder sua relevância!

      Abraço e espero ter ajudado!

  13. Olá Fábio!
    A minha duvida é a mesma do Luiz, pois também uso apenas postname. Gostaria também de ranquear com as categorias. Vi que você respondeu ao Luiz que seria bom ter conhecimento em SEO para fazer o redirecionamento 391 da URL antigo para a nova. Você tem um artigo que explica como fazer esse redirecionamento? Ou seria interessante fazer um Curso de Seo?

    • Olá Carlos,

      Eu não tenho em meu site nada falando de redirecionamento 301 pois já tem muita gente falando na internet sobre.

      segue um site que recomento agenciamestre.com/seo/redirecionamento-301-em-php-asp-htaccess-coldfusion-e-ruby-on-rails/

      E sobre o curso fazer um curso é sempre bom, conhecimento nunca é de mais…

  14. Parabéns Fábio, por mais um conteúdo relevante!! Gostaria que falasse em outro artigo sobre como diminuir a taxa de rejeição de um site, pois na internet existe muito conteúdo ralo, sem muita profundidade e o pior que não dão resultados!

    Abraços

  15. Fábio, boa noite.

    Qual seria a melhor estrutura de links permanentes para um site de classificados, onde se pretende ranquear as categorias, sem perder o desempenho de carregamento quando se tem centenas de links anunciados?

    Vi em outros sites que seria bom estruturar com algo numérico na url, isso ainda é relevante?

    • Olá Francisco,

      A estrutura de links permanentes precisa ser decidida na sua estrategia, então você pensa a melhor formar de estruturar no meu blog eu coloco a categoria para aparecer junto na URL para que as categorias ganhem força!

      O formato das URLs precisam ser amigável esse formato de número que você falou não é amigável.

      Abraço e espero ter ajudado!

  16. Gostei do post. Simples, útil e objetivo.
    Obrigado!

  17. Excelentes dicas!
    Fiquei com uma dúvida quanto o plugin de SEO. É possível integrar ele com o Analytics ou se faz necessário outra forma (outro plugin ou alterar o código de cada página)?

  18. Oi, Fabio!
    Suas dicas são ótimas!
    Me diz uma coisa… eu comecei há pouco tempo com um blog e tenho usado a url com dia e nome. O que você acha?
    Se eu tiver que mudar pra personalizada, onde que fica esse arquivo .htaccess???
    Obrigada!

    • Olá Marcele,

      Fico feliz que goste das minhas dicas!

      Vamos lá, um alerta tome muito cuidado pra fazer essa mudanças um erro você tira seu site do ar!

      Primeiro o arquivo .htaccess fica na raiz do seu site, para acessar ele tem 3 opções:
      1 – Pelo seu cpanel da hospedagem
      2 – Pelo plugin de wordpress SEO
      3 – Via FTP

      Porém tome muito cuidado quando você faz uma mudança de URL é preciso fazer um redirecionamento 301 da URL antiga para a nova. Se você não tem esse conhecimento não faça ou peça ajuda de alguém que entenda para ajudar.

      Abraço e espero ter ajudado!

  19. Olá Fabio eu já tentei esta dica, pra mim não funcionou muito, mas pra outra pessoa possa ser que funcione, eu estou usando outro método. Mas, muito obrigado pela dica, é recomendável 100%.

    • Olá Joilson,

      Uma pena mesmo, não desista que essa não funcionou mais outras podem funcionar!

  20. Umas técnicas que você me mencionou eu já uso, porém você abriu mais um leque de opções que posso estar testando no meu blog. Obrigado!

  21. Cara nem precisa pedir para compartilhar.
    Muito útil seu conteúdo, já estou colocando em prática.
    Obrigada

  22. Florisvaldo Ferreira

    Olá Fábio, boa noite!
    Estou montando um projeto e os seus artigos têm sidos de muita valia com dicas, este por exemplo, muito bacana.
    Florisvaldo

  23. André

    Tudo bem?
    Eu preciso remover uma CATEGORIA inteira do meu site e sei que vai gerar muiros erros 404 .
    Alguma dica?
    Obrigado .

    • Olá André

      O que pode fazer é redirecionamento 301 para uma categoria parecida ou para sua home resolve esse problema!

      Abraço

  24. como redirecionar meus posters estão com data essa e a estrutura de permalinks /%year%/%monthnum%/%postname%/ quero mudar para /%postname%/ sem a dat do poster como faço pra mudar sem perder meu trafego quero um exemplo ???

  25. Ótimas dicas.
    Já uso algumas, é sempre bom ver quem entende do assunto falando.
    Obrigado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *